Aventureiros param à 'beira da morte' na maior queda d'água do mundo

Os aventureiros Steve Fisher, de 37 anos, Dale Jardine, de 33, os dois da África do Sul, e Sam Drevo, de 33, dos EUA, pararam no limite máximo antes da queda das Cataratas de Victoria - a maior queda d'água do mundo, com 106 metros de altura, na fronteira entre a Zâmbia e o Zimbábue. Eles estacionaram os caiaques em uma "ilha" que aparece no período de seca. Uma escorregada e seria a morte para qualquer um deles...

As fotos foram tiradas pela australiana Desre Tate, que estava em um helicóptero.

"É sempre assustador ver pessoas desafiando os seus limites e vê-las tão perto do precipício. Mas ainda bem que os três estão entre os melhores praticantes de caiaque do mundo", disse ela, de acordo com o "Daily Mail".

Cair não era o único perigo. Na travessia até à "ilha", os aventureiros radicais tiveram que fugir de crocodilos e hipopótamos. O trio desceu por uma trilha com os caiaques nas costas e depois encarou as águas turbulentas do Rio Zambezi:
 
Fonte: O Globo

Visitantes online

Bandeirinhas do Inusitados

free counters

  © Notícias Inusitadas - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo