Gata tem os olhos arrancados com um lápis por garoto de 11 anos

O animal, de no máximo três meses de idade, ficará por tempo indeterminado em um hospital veterinário de Brasília (Foto: Salvando Vidas Protetoras Independentes/Divulgação)

Uma gata foi agredida e teve os olhos arrancados por um garoto de 11 anos na cidade de Valparaíso de Goiás, na divisa com o Distrito Federal, na última sexta-feira, 22. O animal, que não poderá recuperar a visão, está internado no Hospital Veterinário São Francisco, em Brasília, desde sábado.

Segundo Suzane Faria, do grupo Salvando Vidas Protetoras Independentes, da capital federal, uma mulher viu o garoto agredindo a gata no condomínio em que moram e procurou o grupo. "Essa mulher nos contou que o menino arrancou os olhos da gata com um lápis ou uma caneta. Ela a pegou na rua e nos trouxe mas, desde então, desapareceu", explica Faria.

Suzane busca contato com a mulher que realizou a denúncia para encontrarem o garoto que realizou o abuso. "Temos um advogado interessado em analisar o caso, mas a mulher desligou os telefones e não responde os e-mails enviados", conta. O objetivo, segundo Faria, seria conversar com o garoto e seus pais sobre a atitude por ele tomada.

Internada há cinco dias, a gata batizada de Themis - que tem no máximo três meses de idade - apresentou melhora em seu estado e não corre risco de vida. Ela passa por tratamento com antibióticos e, quando crescer, passará por cirurgia que irá retirar o tecido morto do local agredido, além de deixá-la com os olhos fechados para evitar que secreções fiquem visíveis.

Quando sair do hospital, Themis já terá um lar. "Apareceram vários pretendentes, mas escolhemos uma mulher que já adotou anteriormente um gato com deficiência. A Themis terá do bom e do melhor quando deixar o hospital", conta Farias. Não há previsão de alta para a gata.

Visitantes online

Bandeirinhas do Inusitados

free counters

  © Notícias Inusitadas - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo