Vídeo mostra ataque de homem que esfaqueou 22 crianças em escola na China

Ele esfaqueou 22 crianças Foto: Reuters

Foi divulgado nesta quarta-feira o vídeo do ataque de um homem que esfaqueou 22 crianças em uma escola primária em Guangshan, na província de Henan, na China. Antes de chegar ao local, o sujeito ainda invadiu a casa de uma idosa e a feriu. Foram 23 vítimas no total, nenhuma fatal. O ataque aconteceu na sexta-feira passada.

O homem, identificado como Min Yongjun, de 36 anos, foi preso. Segundo as autoridades locais, ele sofre de epilepsia. O tabloide britânico "Daily Mail", que publicou o vídeo, afirma que Min surtou com os rumores sobre o fim do mundo. A imprensa chinesa não deu muita atenção ao caso, mas as imagens se espalharam pela internet e foram publicadas no mundo inteiro.
Depois, foi expulso por adultos Foto: Reuters

No início do vídeo, é possível ver o homem entrando na escola. Ele ataca uma menina no caminho, ainda no portão. Ela se levanta, meio atordoada, e sai correndo. Em seguida, dezenas de crianças correm desesperadas, para fora da escola. Um pouco depois, pessoas aparecem perseguindo o chinês, com vassouras na mão.

O ataque aconteceu no mesmo dia em que Adam Lanza, de 20 anos, invadiu uma escola na cidade de Newtown, em Connecticut, nos Estados Unidos, e matou 26 pessoas - 20 delas crianças. O jovem assassinou ainda a mãe, em casa, e se matou. No total, 28 pessoas morreram.

Visitantes online

Bandeirinhas do Inusitados

free counters

  © Notícias Inusitadas - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo